Postagens

Caymmi e a boa música, sempre!

Imagem
Essa música deixa o tempo sem tempo, a alma liberta e o coração saudoso. Aqui ou do outro lado da vida as almas vivem, se encontram, se amam, se despedem e esperam... E viva a boa música!

A informação que desinforma!

Faz tempo que não assisto mais novelas. Novela boa era "da minha época": Vereda Tropical, Roda de Fogo, Mandala, Que Rei sou Eu e por aí vai...

Hoje, a gente sabe  como será a novela e como ela termina , muitas vezes antes mesmo de começar, só pela "chamada", nos intervalos comerciais.

Pois bem, um querido amigo me chamou no zap para falar de um assunto que lhe envolvia: a disforia de gênero (ele nasceu homem em um corpo feminino. Expliquemos: nada de errado com o corpo, apenas em algum momento, que ainda não se sabe exatamente porque, nem onde, a "estrutura psíquica" do indivíduo  vai "por um caminho" enquanto a estrutura física, por outro. Eles se dissociam) 

Falávamos sobre a personagem Ivana, que interpreta um caso de transexualidade. Não acompanho a novela, mas resolvi ver alguns capítulos e logo larguei pra lá, primeiro porque as novelas de hoje em dia são tudo uma coisa só; segundo, porque em que pese a intenção da autora em abordar um tema …

Agora sim!

Imagem
Seu nome já era bonito, Sue. Com o Bianchi,  ficou mais lindo ainda!!!  hahahahaha :)


Ministério da Fazenda
Secretaria da Receita Federal do Brasil

Comprovante de Situação Cadastral no CPF
No do CPF: Nome: SUE ELLEN SIQUEIRA DE ALBERNAZ BIANCHI 

Data de Nascimento: 12/11/1983

Situação Cadastral: REGULAR

Essas meninas...

Imagem
...essas mulheres...

E eu fã...

Adoro!


É pra lá que eu vou!

Imagem
Sabe aquele pedaço de paraíso? 

Então, é meu! A Terra de Camões já é minha... e tudo que nela há.

Acordar os próximos bons dias de minha vida contemplando esse mar, essa paz... esse azul... 

Eu não sei o que mais a vida me reserva... mas tô feliz demais. 

Eternamente obrigado... Eternamente! 

Abra esse vídeo e sinta a paz que te acalma.

Praia Azul, Torres Vedras- Lisboa- Portugal.

Sabe aquela música?

Imagem
É essa aqui!

Sábado que emenda um feriado e eu curtindo as antigas dessa dupla, as antigas, essas sim, as melhores.


A imensidão chegou!

Imagem
Acaba de sair meu segundo livros de poesias ( o primeiro livro a impressão teve péssima qualidade ) Dessa vez eu acompanhei todo o processo, desde a diagramação até a arte da capa.

Muito feliz pelo resultado!

O livro chama-se imensidão e deixo aqui, a poesia que deu nome ao título.

Imensidão


A vida é como um mergulho

E a partida um suspiro de liberdade

Quem aprendeu a viver?

Somos tantos e tantas vezes somos nada.

Então, é preciso olhar quem vem logo ali,

não importando a direção.

Estender a mão.

Ter compaixão.

E servir.

Abraçar quem já chegou,

E quem ainda vai chegar.

Ter uma história pra contar,

e que ela fale de amor.

Uma música pra cantar.

Um sonho pra sonhar.

Uma dança pra dançar.

Um sol pra dividir.

Uma lua pra iluminar.

E quando nem tudo for tão simples,

as forças falharem,

e vier sofreguidão,

Veja que há sempre um céu pra se olhar

Divino, belo e repleto

Infinito na imensidão.

( Franco Bianchi)